Orientação educacional
e familiar com
Regina Prandini

Atuando na melhoria da aprendizagem e convivência.

Atendimento especializado para ajudar família e escola a superarem desafios do desenvolvimento e aprendizagem de crianças e jovens, melhorar a comunicação e convivência, fortalecendo laços.

O que faz a Orientação Educacional e Familiar?

Media a comunicação

Comunicação não se resume apenas ao que dizemos, mas sim ao que é compreendido e sentido. Quando nos deparamos com desafios no processo educacional, é hora de melhorar a comunicação pois ela é a espinha dorsal para encontrar as melhores formas de enfrentar a situação.

Frequentemente, ao deparar com desafios na educação, pais, escolas e outros profissionais como psicólogos, fonoaudiólogos e médicos podem ter dificuldade em alinhar a melhor abordagem. Uma boa comunicação entre todas as partes, incluindo os filhos/alunos, é essencial para expressar preocupações, necessidades e sentimentos, permitindo a colaboração na busca de alternativas construtivas.

Ouvir qualificado

Quando pensamos em uma boa comunicação entre família, escola, demais profissionais envolvidos e crianças ou jovens, o ouvir qualificado desempenha um papel vital.

Buscar compreender as motivações e dificuldades enfrentadas por cada um e facilitar a comunicação entre eles é fundamental para promover condições a todos de atuarem de maneira harmoniosa, visando a melhoria dos processos de  aprendizagem e a convivência nos vários ambientes. Relações mais harmoniosas e acolhedoras são capazes de promover a motivação para aprender, melhorar a autoestima e a autoconfiança dos filhos/alunos, o que repercute de maneira positiva nos processos de aprendizagem. 

Manejo das Relações

É no manejo das relações entre as partes envolvidas que a orientação educacional e familiar vai atuar, a partir do ouvir qualificado, buscando a melhoria da comunicação,  construindo alternativas de condução de maneira colaborativa e realizando acompanhamento dos processos até o momento da orientação se tornar desnecessária.

O manejo das relações e a boa comunicação estão interligados e são fundamentais no contexto do desenvolvimento e da aprendizagem de crianças e jovens. Ao atuar sobre eles se propicia a criação de condições mais favoráveis ao crescimento pessoal, melhoria dos processos de aprendizagem, e desenvolvimento de habilidades sociais.

Seu filho não é todo mundo e você também não.

Você já reparou que algumas crianças são mais agitadas do que outras?

Ou que algumas possuem mais facilidade em aprender e se relacionar na escola do que outras?

Isso significa que nem todos são iguais e, por isso, a forma de se comunicar e agir com cada um deles também deve ser diferente. 

Nossa abordagem valoriza esta singularidade e trabalhamos para entender profundamente as características individuais de cada família e cada pessoa, reconhecendo suas necessidades e talentos únicos. Nosso objetivo, portanto, é auxiliar na criação de circunstâncias nas quais todos sintam-se confortáveis, seguros e atendidos em suas necessidades,condições estas, essenciais para o desenvolvimento de uma boa educação.

É isso que gera crescimento pessoal, transbordando para todo o entorno, família e escola.

Atendimento Remoto: Brasil todo
Atendimento presencial: Perdizes – São Paulo

Quem participa?

Além dos familiares e da escola, profissionais da saúde que acompanham os jovens como médicos, fonoaudiólogos e psicólogos, são convidados a participar do processo. 

A orientação atua junto a todos os envolvidos no processo de desenvolvimento da criança ou do jovem, buscando – de maneira colaborativa, caminhos adequados para alcançar os seus objetivos nos processos de desenvolvimento pessoal, aprendizagem e convívio social, mantendo relacionamentos harmônicos e saudáveis. 

Para quem é a orientação familiar:

Família inteira

A orientação familiar é oferecida a famílias que encontram dificuldades no processo educacional dos filhos/alunos, seja dentro de casa, na escola ou no convívio social.

Crianças e jovens

A orientação busca compreender as dificuldades que crianças e  jovens enfrentam, com o objetivo de encontrar caminhos que os ajudem a superar os problemas escolares e de convívio social.

Família com questões complexas

Às vezes, toda a família participa da orientação para abordar questões que desestabilizam e afetam toda a dinâmica familiar, como excesso de rebeldia, agressividade,  orientação sexual, questões de gênero entre outras.

Família em transição

Famílias que estão passando por transições significativas, como divórcio, adoção, luto ou mudanças na estrutura familiar, que estejam impactando significativamente os processos educacionais, podem recorrer  à orientação.

Filhos com necessidades  específicas de educação

Famílias com filhos adultos, jovens ou crianças;  com deficiência, comportamentos divergentes ou dificuldades de aprendizagem, podem se beneficiar da orientação para buscar alternativas de educação e para facilitar a comunicação entre todos os profissionais envolvidos.

Família com questões complexas

Às vezes, toda a família participa da orientação para abordar questões que desestabilizam e afetam toda a dinâmica familiar, como excesso de rebeldia, agressividade,  orientação sexual, questões de gênero entre outras.

Transforme desafios em crescimento.

Por que contar com a ajuda da orientação educacional familiar?

Contar com a ajuda da orientação educacional familiar pode ser benéfico por várias razões:

Atendimento Remoto: Brasil todo
Atendimento presencial: Perdizes – São Paulo

Orientação de mãe, psicopedagoga e professora

A união da vivência, experiência e conhecimento para cuidar da sua família.

Como funciona o atendimento:

Tudo o que você precisa é relatar com detalhes os desafios que está enfrentando.

A orientação educacional e familiar é personalizada e o atendimento é planejado a partir das necessidades  de cada família ou da escola, respeitando a singularidade de cada pessoa e grupo, de forma colaborativa com todos os envolvidos.

Médico, psicólogo, fonoaudiólogo e outros profissionais também são convidados a participar do processo sempre que houver necessidade.

Quem vai acompanhar a sua família:

Regina Celia Prandini é mãe de três filhos já adultos, pedagoga, psicopedagoga e doutora em Psicologia da Educação. Possui 38 anos de experiência na área da educação. É formadora de professores e já atuou como coordenadora e diretora de escola. Há mais de 10 anos trabalha com orientação educacional e familiar.

Sua trajetória pessoal e profissional lhe conferiu uma profunda compreensão da complexidade das questões educacionais escolares e dentro da família e de como elas reverberam de diferentes maneiras em cada uma das pessoas envolvidas. Ela entende que a família está em constante mudança, com os filhos passando por diferentes etapas de desenvolvimento, cada uma apresentando desafios próprios. 

Segundo Regina, as etapas de  transição na vida de uma família são verdadeiras metamorfose e podem ser uma excelente oportunidade de crescimento e transformação. 

Ao longo de sua carreira, ela desenvolveu uma abordagem flexível que tem como base  o desenvolvimento de relações de convivência empáticas e acolhedoras que favoreçam os processos de aprendizagem e desenvolvimento pessoal.. 

Seu objetivo é orientar a busca de alternativas que façam sentido para todas as  pessoas envolvidas no processo, reconhecendo que cada um é único, com necessidades, características e potencial distintos. 

Orientadora familiar dedicada, Regina está disponível para ajudar famílias e escolas a enfrentarem as mudanças e desafios, acolhendo todas as pessoas envolvidas no processo e atuando com assertividade e respeito às individualidades. 

Atendimento Remoto: Brasil todo
Atendimento presencial: Perdizes – São Paulo

Todos os direitos reservados.